Você sabe o que é realinhamento capilar?

Você sabe o que é realinhamento capilar? É provável que você até saiba o que é, mas não conhece pelo nome!

A história do alisamento

A vaidade é algo que faz parte da vida das mulheres, e por isso, estamos sempre buscando de tudo para ficarmos mais bonitas, ou, simplesmente, diferentes. Na década de 30, a atriz Greta Garbo deu início a uma grande revolução no universo feminino: a transformação dos cabelos! Ainda sem processos químicos, a atriz utilizada hastes de ferro quentes para alisar os cabelos. 

Ao longo das décadas, o processo foi evoluindo, nós fomos tomando gosto pela ideia dos cabelos lisos, a química começou a fazer parte deste universo e, com ela, a preocupação pelo cuidado dos cabelos. Afinal, o primeiro produto utilizado no alisando capilar, foi a soda cáustica, que apesar de ter sido criada em 1914, só começou a ser usada nos cosméticos na década de 50, pela empresa americana Relaxer. 

Já na década de 80, surgiu o tioglicolato de amônio, utilizado tanto no processo de alisamento, como no processo de cachear, já que a moda, na época, era ter o cabelo volumoso a lá Madona, ele possuía um alto teor de alisamento e reparação. Mas foi na década de 90 que surgiu a famosa “Escova Japonesa”, com aquele liso chapado, o antecessor da Escova Progressiva. 

Nos anos 2000, a Progressiva tomou conta do universo feminino, o único problema, é que ela continha uma grande quantidade de formol (o formaldeído), e isso acabou causando vários problemas de saúde. Devido ao cheiro forte, muitas mulheres começaram a apresentar problemas como queda, quebra e até perda de cabelos, e em alguns casos, até tumores e problemas pulmonares. 

Alisamento SEM FORMOL

Por isso, a ANVISA (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), restringiu o uso do formol para apenas 0,2%, quando geralmente, o uso ultrapassava os 30%. Assim, as empresas de cosméticos precisaram repensar a sua forma de produzir, e assim surgiu o Realinhamento Capilar: uma forma de alisar, diminuir o volume e tratar os cabelos. 

O realinhamento capilar é uma técnica que pode ser feita em todos os tipos de cabelos, e, com o mesmos produtos, podem ser obtidos resultados completamente diferentes, a depender da forma a serem utilizados. Não é engraçado isso? Mas acredite, é verdade! Se o resultado desejado for um cabelo mais liso, deve-se alisar e chapar o cabelo ainda com o produto. Já para diminuir o volume, mas sem alisar, deve-se colocar o produto e não passar a chapinha. 

Quem pode fazer? 

Também vale lembrar que o realinhamento capilar é um tratamento que irá hidratar os cabelos, reduzir o frizz, tirar o volume, eliminando as ondas e tudo isso vai te ajudar na hora de se arrumar. Imagina sair do banho, passar rápido o secador e estar completamente pronta?! Não é um sonho? 

Mas também é preciso ter o cuidado com os cabelos após o realinhamento capilar, afinal, o dia a dia, sempre acaba causando danos, seja do sol, da umidade, do secador ou até mesmo do suor, por isso, vale ficar atenta e usar sempre um finalizador. 

Kit Progressiva Sleek & Frizzless Hair 

O Kit Progressiva Sleek & Frizzless Hair, é um kit completo de realinhamento capilar para fazer em casa. O Kit é composto pelo Shampoo Tutanat Sleek, Restauração Progressiva e Máscara Tutanat Sleek e seu resultado tem a durabilidade de até três meses, a depender do cuidado. E sabe o melhor? É completamente livre de formol! 

O seu componente alisante é o Proliss100. Além do Complexo Bio Restore, que reforça a estrutura interna dos fios e a manutenção da cor. Já o tamariliz, extraído da polpa do tamarindo, suaviza a textura áspera dos fios e promove brilho reflexivo. O óleo de argan, tem ação antioxidante, além de propriedades antirressecamento, maciez, revitalização e flexibilidade. 
Para encontrá-lo, basta acessar a loja virtual, clicando aqui!